Postagens populares

Resenha: A Viagem à Lua , Georges Méliès (1902)

30/04/2017
Certamente você já viu a imagem abaixo, do filme Le voyage dans la Lune. O clássico curta de 14 minutos, sempre ganha referências na cultura pop. Mas o que fez  Méliès ocupar o primeiro lugar da famosa lista "10001 filmes para ver antes de morrer"? Por que tornou-se tão importante? Descubra aqui comigo, em uma viagem lunar.




 Inspirado nos livros: Da Terra à Lua, de Julio Verne e Os Primeiros Homens na Lua, de H. G. Wells. Le voyage dans la Lune é um filme francês de 1902,  Georges Méliès foi quem dirigiu, produziu e criou o roteiro, com a assistência de seu irmão Gaston Méliès. O filme conta com em média 14 minutos e foi primeiramente produzido em preto e branco, mas podemos encontrar versões coloridas a mão pelo próprio Méliès, que lançou em 1902 seu filme colorido.
 Essa tornou-se a mais famosa produção de Georges Méliès, ficou muito famosa em sua época e  foi o primeiro filme de ficção cientifica criado. Georges deixou um legado de mais de 500 filmes e foi considerado o pai dos efeitos especiais, seus filmes contam com cenários bem feitos e truques de ilusionismo, não por pouco tornou-se referencia no ambiente cinematográfico e ofereceu inúmeros avanços para o cinema.
 A história de Le voyage dans la Lune é um tanto quanto intrigante. Cinco astrônomos são lançados a lua em uma cápsula por um canhão. A cápsula aterrissa no olho da lua, mas tal aterrissagem é mostrada duas vezes de forma diferente, já que também mostra-se os astrônomos descendo na superfície lunar em uma superfície plana. Lá eles são capturados pelos selenitas, tal como o livro citado de H.G. Wells. Após muita luta, os astrônomos conseguem alcançar a cápsula e voltar para a Terra, onde são recepcionados novamente.
 Você pode assistir o filme em preto e branco abaixo:



Versão colorida:



Extra: Clipe inspirado no filme
The Smashing Pumpkins - Tonight, Tonight




O filme conta com uma expressão artística enorme, é interessante notar que somos guiados apenas por música e cena, portanto é essencial uma cena clara para que possamos entender. No quesito cenário, nem é preciso dizer o quanto foi bem montado. Há toda uma preocupação com os efeitos e afins, para a época. Há arte por cada parte do filme, cuidado e originalidade.
 Le voyage dans la Lune leva para as telas a primeira representação alienígena no cinema, mostra o cuidado de Georges Méliès e sua vontade de fazer cinema para entreter. Se procurarmos a história a fundo de Méliès e do cinema, entendemos o porquê dele ter tornado-se um mestre. 
 Méliès vai além do homem lua e a cápsula cravada em sua face... Méliès é história, é fascínio, é uma amostra de um homem a frente de seu tempo...
 Abraços e beijos cinematográficos!




/>

Nenhum comentário

Postar um comentário

Sintam-se a vontade. ♥
Siga o blog também no:

Facebook
Twitter
We Heart It
Instagram

 
Desenvolvido por Michelly Melo.