Postagens populares

{ Um Mini Conto Meu Pro Seu Halloween}: O Abismo Invisível

29/10/2016
 Sob a luz das velas, ela se lembrava das histórias de Poe e dos quadros que representavam o purgatório. Oh, sim. Ela podia ver tudo aquilo no escuro da noite. Como se Enter Sandman - Metallica, tocasse eternamente em sua mente e seus pesadelos se alinhassem para assombrá-la. Nem todos gritos que pudesse soltar aliviariam o fogo dentro de si. Já estava se acostumando com a sensação de ser devorada por seus atos.




 Desde aquele dia em que sentiu sangue em suas mãos pela primeira vez, havia aceitado seu lado sombrio. Pois depois da primeira morte não há caminho de volta. Então, ela colecionava dentes em uma lata com adornos florais por fora. Quem se importa com os tesouros interiores nesses dias de hoje?
 Ela tinha seus vestidos e longos cachos negros, pele de porcelana e dentes brancos. Sua fumaça, seu hálito de álcool, escondiam seus fantasmas. Quem desejaria enxergar sua alma perdida depois que sorrisse? Quem questionaria se estava realmente bem quando dançasse em lágrimas?
 Seu sorriso escondia sua necessidade de matar para se preencher. Sua beleza imensurável e seu jeito alegre, escondiam sua solidão em meio aos corpos. O sangue enterrado debaixo de suas unhas compridas, combinando com seus saltos.
 Em seu quarto bêbada olhava o teto através do escuro da noite. E os fantasmas a assombravam. Ria deles e girava um cigarro entre os dedos. Zombava dos pesadelos pois assim talvez eles partissem.
 Chorando e rindo.
 Quem poderia a acalmar e amá-la, se todos estavam mortos? Todos que um dia a amaram, todos que um dia ela amou.


                                                                 Beijos!
Comentem o que acharam por favor ❤


/>

Nenhum comentário

Postar um comentário

Sintam-se a vontade. ♥
Siga o blog também no:

Facebook
Twitter
We Heart It
Instagram

ADS

 
Desenvolvido por Michelly Melo.