Postagens populares

Labirinto: Curiosidades Sobre o Filme e o Livro

14/10/2016
Olá! Desde o lançamento do livro Labirinto, A.C.H. Smith pela Darkside, estou querendo o ler. Já assisti ao filme e darei minha opinião sobre ele, com algumas curiosidades sobre a criação da história e o papel de David Bowie. Andemos pelo labirinto, navegando na magia do tempo...




Depois do filme, veio o livro colocando no papel uma história incrível. A Darkside lançou 30 anos após o filme Labirinto - A Magia do Tempo (1986) sua edição maravilhosa em português. Abaixo algumas informações sobre o filme:




 Sinopse:
Frustrada por ter de cuidar do irmão caçula enquanto seus pais estão fora, a adolescente Sarah (Jennifer Connelly) sonha em se livrar da criança, que não para de chorar. Atendendo seu pedido, o Rei dos Duendes (David Bowie), personagem de um dos livros de Sarah, ganha vida e sequestra o bebê. Arrependida, a menina terá de enfrentar um labirinto e resgatar o irmão antes da meia-noite para evitar que ele seja transformado em um duende.
Trailer:




Clipe com cenas do filme:



 Recomendo muito o filme, lembro de ter assistido aos meus dez anos. Sabe quando a família toda se reúne para assistir ? Isso marcou bastante. Essa é uma daquelas histórias inesquecíveis que reúne pessoas. Com emoção do inicio ao fim e a memorável presença de Bowie, que compôs musicas especialmente para o seu personagem e a qual foi encarregado da trilha sonora do filme.

                                       Curiosidades sobre o filme "Labirinto - A Magia do Tempo" (1986)

 A primeira ideia para o filme foram de Jim Henson (diretor) e Brian Froud (que trabalhou no departamento de arte e figurino do longa), os dois concordaram que queriam um filme sobre goblins e humanos. Então, Froud fez a arte abaixo que foi o ponto de partida para a criação da história:

Curiosidades sobre o filme "Labirinto - A Magia do Tempo" (1986)


O livro:








Trinta anos sem perder a magia. Tudo começou em um pequeno “labirinto” real na cabeça de James Maury, mais conhecido pelo nome de Jim Henson. O cartunista, músico, roteirista, designer e diretor sabia acessar como ninguém o coração das pessoas e o seu maior dom foi dar vida a seres inanimados. A nova geração pode não lembrar do seu nome, mas com certeza tem seus personagens gravados na memória: Os Muppets, Vila Sésamo, Muppets Babies e até a inesquecível Família Dinossauro. Além deste, Henson também criou fábulas como “Labirinto”, em parceria com George Lucas, filme que encantou toda uma geração quando foi lançado, há 30 anos, com David Bowie como Jareth, o Rei dos Duendes, e também responsável pela trilha sonora, e uma jovem Jennifer Connelly no papel de Sarah, a protagonista que deseja que os duendes levem Toby, seu meio irmão e – para seu espanto – é atendida. Arrependida, ela é desafiada pelo Rei dos Duendes a atravessar o sombrio Labirinto, repleto de perigos e seres mágicos. A novelização de Labirinto finalmente é publicada em português, em uma edição à altura do mestre. Escrita por A.C.H. Smith em parceria com Henson, a edição apresenta pela primeira vez as ilustrações dos duendes feitas por Brian Froud, que trabalhou no filme, além de trechos inéditos e nunca vistos com 50 páginas do seu diário, detalhando a concepção inicial de suas ideias para Labirinto, comemorando os 30 anos do filme em grande estilo.
 Vocês já assistiram o filme ou leram o livro? O que dizem sobre?   Beijos e caveirinhas!
/>

Nenhum comentário

Postar um comentário

Sintam-se a vontade. ♥
Siga o blog também no:

Facebook
Twitter
We Heart It
Instagram

 
Desenvolvido por Michelly Melo.