Postagens populares

Resenha #38: A Escolhida - Amanda Á. C.

21/07/2015
''Um detalhe tão pequeno nos mostra que, por maior que seja a escuridão presente no mundo ou especificadamente em cada criatura, sempre haverá uma fagulha de esperança. No centro, por mais imperceptível que venha a ser, ela está ali silenciosa... Esperando por sua fuga.''






''Quando gostamos de alguém, engolimos nosso orgulho e lutamos para seguir em frente. Ele tentou me conquistar para provar que seria bom o bastante, e logo fugiu para que eu cuidasse dos cacos que se formaram ao meu redor. Deve ser bom ter a convicção de que a única garota que nunca se permitiu um sentimento, estava magoada por você tê-la dispensado.''


First slide


                                                    


A Escolhida
Sinopse:

Em uma cidade repleta de pessoas desconhecidas, Ari poderia ser apenas mais uma garota dispersa na multidão, como tantas outras que foram abandonadas pelos pais desde a infância. Devido à sua aparente doçura e beleza, ninguém seria capaz de supor que, além de um anjo, ela também é um demônio com sede de poder. Os espertos deveriam manter-se distantes, mas há olhares que não deixam de admirá-la. Egran não desperdiçaria a chance de apoderar-se de habilidades tão interessantes: ela é a escolha perfeita. Entretanto, nem todos se sentem realizados. O círculo seria um refúgio ideal para os demais feiticeiros, se o próprio líder não os tratasse como marionetes descartáveis. Movidos pelo medo e controlados pelo mestre, os componentes do grupo obedecem, sem pestanejar, às ordens recebidas. Ao se ver arrastada para lá, Ari se encontra diante de situações improváveis, arriscando-se a expor mais do que gostaria. Para ela, sentir é algo que sempre esteve fora de seus limites. Não poderia vivenciar qualquer forma de emoção, esta era a promessa. Até que Luke surge em seu caminho e abala as estruturas congeladas, derretendo-as e modelando novos conceitos. O amor realmente fará brotar a alegria? Ou irá arrastá-la diretamente para a morte? O passado obscuro de Ari será o suficiente para fazê-la estilhaçar de uma vez por todas, não restando oportunidades para uma nova tentativa de se isolar do mundo.

                                                                             * Ebook cedido pela escritora.*

 Páginas: 360
Editora: Independente
Skoob

''A verdade sempre será o melhor, mesmo que doa no início.''
                                          Minha Opnião:


  Ariali, foi deixada na rua quando ainda era bem pequena. Com isso, ativou sua essência, começou a caçar e matar. Sempre teve em mente que foi desprezada pelos pais, mesmo quando foi acolhida por Lina, aprendeu a lidar com a solidão como dádiva. Com o tempo, suas asas se tornaram ainda mais ralas a cada morte. As sombras dominavam seu coração, não permitindo que nele se instalasse sentimento algum.
  Assim era, até conhecer Luke e o círculo de feiticeiros. O circulo ativou os seus sentimentos, e também abalou tudo o que sempre acreditou. Ari e Luke se envolvem, mas, será que é amor? Perto de Luke, seu lado demônio desaparece. Mas ela sabe que nunca será um anjo bom e completo, está longe de ser uma boa garota.
 Entre sentimentos, aventura e romance, viajaremos pela história de Ari e o seu sentimento proibido por Luke.
  Adorei o livro! Quero muito ler a continuação. Ari é uma personagem que te prende, prova que nada é completamente bom ou mau. Ao mesmo tempo que esbanja frieza, tem também doçura. E mergulhando em seus pensamentos, fica difícil não gostar dela.
  Já nos agradecimentos, nota-se que será um bom livro.  Misturado a poesia das palavras, já encanta.
   Recomendo, de coração! É daqueles livros que quando se começa, não há desejo de parar.
  
                                                              
Facebook: Trilogia A Escolhida
Compre Aqui o Ebook
E o livro impresso pode ser comprado via contato Aqui ou no facebook via mensagem, direto com a Amanda.


Third slide
                                     

                                                  


''Falar sobre a paz é totalmente embaraçoso, porque para alguns, ela se resume a um beijo ou um abraço. Olhar as estrelas, escutar as ondas quebrarem-se na encosta. Para Luke, uma simples caminhada até o jardim é capaz de resolver os seus temores. Já a minha paz sempre foi encontrada no último suspiro, no último olhar, nos últimos instantes da própria paz do outro. As nossas semelhanças são mínimas e, quando colocadas frente a frente, me fazem perceber o quanto não sirvo para estar entre eles.'' 
                                       

Biografia: 
Amanda Ághata Costa nasceu em 21 de Outubro de 1993, numa pacata cidade do interior de Santa Catarina. Estudante de Pedagogia e amante das palavras desde a infância, jamais imaginou que um dia sua voz seria ouvida. Com papel e caneta em mãos, espera poder tocar as pessoas com suas histórias, fazendo-as vibrar e amar cada fragmento das mesmas. De todas as coisas do universo, se aventurar nos mares da fantasia é sua maior paixão. A trilogia A Escolhida é seu romance de estreia.

Site da escritora: http://amandaagcosta.com.br/


                                         

Gostaram do livro?
Me apaixonei por mais um garoto perfeito, e é uma pena que ele mora em um livro. Luke cadê você? Haha.
Abraços e fiquem com Deus!

/>

2 comentários

  1. Oi Maria Eduarda,
    Fiquei um pouco assustada com a sinopse... Além de um anjo, é um demônio!
    Confesso que depois, ao ler sua opinião, ainda continuei assustada e não senti vontade de ler o livro. É algo pessoal, não consegui me identificar.
    Parabéns pela resenha, sucesso!
    Beijos - Tão doce e tão amarga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena. Eu realmente amei o livro, e não é nem um pouco assustador. É um romance sobrenatural, mas bem leve.
      Mas se você não se identificou, ok. Sempre temos que ler o que gostamos. Se não, se torna bem chato.
      Obrigada, sucesso para você também!
      Abraços!

      Excluir

Sintam-se a vontade. ♥
Siga o blog também no:

Facebook
Twitter
We Heart It
Instagram

ADS

 
Desenvolvido por Michelly Melo.