Postagens populares

150 Anos de Alice: Um Novo Personagem

04/07/2015
Há 150 anos que Lewis Carrol, deu vida a uma imensidão de fantasia. A lógica se misturou com a imaginação, e o coelho branco hoje, declara que já é tarde... Bem tarde... Só que ainda hoje temos muito a falar sobre ''Alice no país das maravilhas''. E tanta inspiração resultou em um novo conto...






....Ou se preferir crônica. Criei um pouquinho mais dessa beleza toda que Carrol criou. Adoro a história! A porta da imaginação é aberta com  Alice.  Não pensei duas vezes em criar um novo personagem. Conheçam Maraliz.

Não encontrei nenhuma flor de pétalas de diversas cores...
                                       




 - Você veio me fazer companhia?
 Maraliz piscou os pequenos olhinhos rapidamente. Cílios e brisa se misturavam com graça: as pétalas de Liz balançavam no ar. Cada petálinha brilhava colorida com a luz do sol.
 - Não exatamente, Liz. Quero sair desse mundinho. Nem sei a onde estou. Vejo que não é no mesmo  século que vim . Tamanha coloridez não se empata com nada que já vi! Para que serve tudo isso aqui? - Alice falou a última frase cochichando. Maraliz envermelhou o rostinho laranja. Fez um bico e logo falou com a menina, embora quisesse gritar girando as pétalas enfurecida, apenas sorriu e falou com graça.
 - Para que não serve, pequena Alice? Todas as pessoas do mundo podem vir até aqui, porém poucos conhecem as portas de entrada. Vivem com seus papéis e problemas : dinheiro, dinheiro, querem! Mas, a imaginação é tudo isso, Alice. Todos podem conhecê-la, muitos a veem como bobagem e eu sem ela não viveria. É questão de olhar bem e compreender. Olha, olha! Vem e sorria! Caminha, Alice! Sinta o vento que espalha seus cabelos!
 Realmente depois dessa frase o vento começou a sacudir cada folha. As árvores da floresta começaram a dançar. As folhas ganhavam vida própria. Dança, dança!, o vento ordenava.
 Alice decidiu não contradizer. Deu adeus para Maraliz enquanto dançava. Liz girava com calma. Fez reverencia com uma pétala e corou enquanto o vento pedia a honra de uma dança.
- Vai com os ventos, Alice! E dance, dance com todo bom sinal! Pétalinhas para ti, Pequena Alice!
 Pétalinhas para ti ,com certeza aquela senhorita adocicou o coração de Alice. ''Que bela flor! Bem queria que as do meu jardim fosse assim. Meu nada, lá de casa. Não gosto da paradeza das flores. Pois assim, sim. Maraliz é uma doce criatura, dela eu gosto.''

E com os ventos foi Alice, a procura de mais estranhices. Não tão estranhas: Alice já sonhara com coisas piores. ''Pensando bem, estranheza é comigo mesmo! Talvez esse seja meu mundinho. Tão louco, que nem eu o entendo.''

Por: Maria Eduarda Soffiati

                                            

Vocês gostam do mundo de Alice? Ou melhor, quem não gosta? Haha.
Gostaram da Maraliz?
Deixem seus recadinhos! E participem do sorteio aqui na lateral do blog.
Abraços!

/>

2 comentários

  1. Gente, a Maraliz é uma fofa! E muito sábia por um acaso, adorei o conto! Consegui até imaginar a pequena Liz conversando com a Alice!

    Beijão ♥
    Blog: Dei um Jeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal! Eu imaginei a cena todinha, cada detalhe ^_^ Liz, com certeza se daria bem com muitos dos personagens do país das maravilhas haha.
      Beijinhosss!

      Excluir

Sintam-se a vontade. ♥
Siga o blog também no:

Facebook
Twitter
We Heart It
Instagram

 
Desenvolvido por Michelly Melo.